Asilo Gustavo Nordlund – Uma obra social modelo

                                   

Hoje o Clube com o presidente Evanes Souza Boetleard e acompanhado pelos companheiros Valter Mendonça, Liane Távora, Pedro Castro, Luiz Carlos Félix e Ketlyn Schu do Rotaract Bom Fim, fizeram a entrega de um espaço de leitura, para os internos no “Asilo Gustavo Nordlund”, na Vila Rubem Berta.  A Administração da casa foi representada por Fátima Peres, José Amauri da Costa Fraga e esposa e outros colaboradores, que serviram um delicioso lanche aos internos e  presentes. 

O Asilo tem 80 internos e capacidade de abrigar 100 idosos, conta com um corpo de 65 funcionários e voluntários, para prestarem atendimento individual de acordo com a dependência de cada um.  No grau “1” estão 15% dos internos, grau “2” – 31% e grau “3” – 51% (os que mais necessitam atendimento).  Suas instalações são amplas e muito bem planejadas, com apartamentos individuais e de dois a quatro leitos. A maioria dos que se encontram nos graus “1 e 2” usam cadeiras de rodas. 

 A companheira Liane Távora fez a doação de um andador, na foto com Fátima Peres da direção do Asilo. 

O Jornal da Band TV – edição de 13 de junho, fez uma ilustrativa matéria sobre o trabalho desenvolvido no campo social e humanitário, naquele Asilo, destacando o  quadro das ações de voluntárias.

“Rotary faz o bem sem olhar a quem”

O Presidente Evanes entregando a placa com o nome do Clube para o recanto, recebendo uma doação de livros e parte dos convidados presentes ao evento.

Leave a Reply